O Projeto

O Sítio Sapopema tem como metas (em andamento):

– Agroflorestas como recuperação de áreas degradadas e soberania alimentar.
– Preservação, manejo e ampliação de áreas florestais.
– Proteção e recuperação de nascentes e cursos d’água.
– Bioconstruções como forma de independência e viabilidade econômica.
– Produção e processamento de alimentos/produtos naturais e artesanais.
– Economia Solidária: CSA (Comunidade que Sustenta a Agricultura)
– Voluntariados.
– Abelhas Nativas (Abelhas Sem Ferrão)
– Extrativismo: Erva-mate e frutas nativas.

Projetos futuros / a longo prazo:
– Ecoturismo Regional que traga benefícios para todos os moradores da região do Alto Caçador, incentivando-os a práticas preservacionistas.
– Registro e levantamento da flora e fauna.
– Criação animal racional.
– Fomentar discussões com os municípios e moradores referentes ao Manejo da Microbacia Hidrográfica do Alto Caçador, que é uma importante cabeceira d’água com potencial de Ecoturismo.
– Estabelecer os Sistemas Agroflorestais Regenerativos como modelos de alta produtividade e lucratividade para estimular na sociedade a ampliação dessa prática.

Em outras palavras:

O Projeto do Sítio Sapopema consiste em guardar a terra e proteger a biodiversidade.

Sabemos que isso não é possível através do modelo agrícola moderno, denominado agronegócio, que envenena ambientes e seres que neles vivem.

Assim, optamos pelos Sistemas Agroflorestais Regenerativos, que são técnicas milenares dos povos indígenas, como forma de regresso as origens da agricultura familiar e do campesinato.

As chamadas Agroflorestas aceleram o processo de evolução florestal e produzem alimentos livres de insumos agrícolas.

Somente com a Agrofloresta é que podemos dizer que nosso produto é Agroecológico. Saiba mais (Orgânico X Agroecológico – Principais Diferenças.

O Sítio Sapopema organiza um Grupo de Consumidores que financiam a agricultura e as demais atividades do projeto. Saiba mais (Como participar e receber as Cestas Agroecológicas)